Pobre de mim

Globularia vulgaris in the wild Castelltallat ...

Image via Wikipedia

Pobre de mim, numa tristeza sem fim.
Que achei que tudo seria maravilhoso, pobre de mim.
Pobre de mim, passando por um dissabor.
Que achei que tudo se resolveria fácil, pobre de mim.
Pobre de mim, numa felicidade agradável.
Que achei que nunca acabaria, pobre de mim.
Pobre de mim, vivendo um amor eterno.
Que achei que realmente era eterno, mas se acabou, pobre de mim.

Anúncios

Lágrima

Vejo meu rosto no reflexo da sua lágrima.
Uma sede que não sacia, uma alma que não vibra.
Uma Lua que não brilha, um vazio que não enche.
Medo do ser, do estar, do morrer, do viver.

Castelo de dor, fortaleza solidão.
Renascer nesse castelo, derrotando a fortaleza.

Um toque. Uma paixão.

A razão do pesar

Pôr-do-Sol

Image via Wikipedia

Quando o Sol se apaga
Há sempre alguém para lamentar
Sem nem saber a razão do pesar

Como saber por quem chorar?
Se quando o Sol se apagar
Sempre algúem irá lamentar
Sem descobrir a razão do pesar?

Sem motivo para se lamentar
Não haverá por quem chorar
Nem a necessidade de saber a razão do pesar
Então não há motivo
Para o Sol se apagar